Introduction: Raspberry PI 007 "James BOld" Hackbox

Picture of Raspberry PI 007 "James BOld" Hackbox

Olá a todos. Esta é a minha primeira postagem aqui no Instructables. O objetivo desta postagem não é exatamente ensinar a montar uma maleta igual a minha, mas sim sugerir uma alternativa para que todos possam modificar e incrementar o projeto, assim como eu pretendo fazer no futuro.

Ao longo deste projeto, tive a oportunidade de entender melhor como funcionam as coisas no Linux, aprender como fazer as coisas funcionarem (como serviços FTP, entre outros) e começar a brincar um pouco mais com a configuração de redes.

Contando um pouco de como cheguei até aqui. Ganhei o Raspberry PI que está presente neste projeto, em uma competição de um grupo no Facebook, que consistia basicamente em mostrar o seu workspace. O prêmio foi gentilmente cedido pela empresa Plextor, que mais gentilmente ainda, enviou a placa diretamente para a minha residência, aqui no Brasil.

Depois de ficar com a placa muito tempo parada, adquiri outros produtos como um Arduino e mais alguns itens de prototipagem. A partir daí, senti a necessidade de ter um local específico para trabalhar com estes equipamentos, e foi então que adquiri esta maleta, e passei a carregar os produtos todos ali dentro. Depois de algum tempo, consegui um notebook usado do qual pude extrair a tela de LCD, e então, passei a buscar por uma solução onde eu pudesse aproveitar esta tela de LCD em conjunto com o Raspberry PI, dedicando a tela exclusivamente para esta finalidade.

Step 1: Como Aproveitar Uma Tela De LCD De Notebook?

Picture of Como Aproveitar Uma Tela De LCD De Notebook?

Em minha busca (entenda Google) para aproveitar a tela de LCD, acabei me deparando com um blog onde o blogueiro comentava sobre uma placa que é produzida na China, que é voltada para este fim. Após pesquisar mais um pouco, encontrei o anúncio do fabricante no eBay, entrei em contato passando as especificações da tela que eu possuo, a resposta foi rápida e positiva, dizendo que poderiam gravar um firmware que seria compatível com a sequência/frequência de inicialização da minha tela. Após alguns meses, efetuei a compra da placa adaptadora e até gravei um vídeo e postei em meu canal do Youtube, falando um pouco mais sobre a placa.

Veja o vídeo AQUI.

A placa exige uma fonte de alimentação de pelo menos 12v e que forneça pelo menos 4A. Assim a saída mais óbvia será mostrada nos próximos passos, já que existirão outras coisas a serem alimentadas dentro da maleta.

Step 2: Organizando a Maleta

Picture of Organizando a Maleta

Nesta altura do projeto, eu tinha apenas uma idéia da organização da maleta. Eu já sabia como queria que ficasse, mas precisa ter mais itens do que já tinha, para poder começar a esboçar algo de como ficaria a organização final (ou quase isso).

Como tenho algum conhecimento em modelagem em 3D, pensei em medir os componentes internos, e alguns que eu gostaria de adicionar mais tarde, e fazer uma modelagem simples, que me ajudaria a prever melhor como ficaria o resultado final. Para isso, eu precisaria desmontar e medir exatamente a maleta. E foi o que fiz, tirando até mesmo a forração interna para tentar aproveitar da melhor maneira possível o interior da mesma.

Neste ponto, eu já tinha a idéia de usar uma fonte convencional de computador para alimentar todo o projeto. Assim, peguei a maior fonte que eu tinha, e usei para tirar as medidas básicas, tendo assim um espaço para aproveitar caso a fonte que eu fosse usar no final, fosse menor.

Inicialmente eu também pensei em proteger o acrílico com uma espuma, para evitar danos durante o transporte. No decorrer do projeto algumas coisas mudaram, e esta foi uma delas.

Step 3: Modelando a Futura Maleta

Picture of Modelando a Futura Maleta

aoComo eu já havia mencionado, a intenção inicial era projetar o interior da maleta, para que assim eu pudesse organizar e aproveitar da melhora maneira possível o seu interior. Me pareceu que fazer um modelo em 3D seria a melhor saída, então, foi o que fiz :D

Consegui alguns modelos prontos e para ganhar tempo (e não ter de modelar tudo o que eu tinha, já que não teria uma utilidade muito grande) apenas ajustei o teclado e mouse e demais coisas ao tamanho real dos produtos que eu tinha, assim, serviu muito bem ao propósito.

Step 4: Próximo Passo: Testes Iniciais E Começo Da Produção

Picture of Próximo Passo: Testes Iniciais E Começo Da Produção

Neste ponto eu já tinha tudo o que precisava para botar o mínimo do circuito a funcionar. Enquanto isso, comecei a trabalhar na maleta para colocar os equipamentos lá dentro. Eis que surge o corte inicial para a fonte de alimentação.

Step 5: Modificando a Fonte

Picture of Modificando a Fonte

A intenção também era deixar cada item o menos original possível. Assim, retirado de uma fonte Thermaltake de 850W, surgiu a placa de conectores modulares. Placa esta que adaptei numa fonte de projeto genérico, como pode ser visto nas imagens.

Não foi nada demais, mas me permitiu isolar os cabos que não eram interessantes para este projeto, liberando apenas a linha de 12V, 5V e GND.

Assim, pude definir os conectores e liberar espaço dentro da maleta enquanto eu não tinha tudo o que gostaria de usar dentro da maleta.

Step 6: Montagem Da Tela

Picture of Montagem Da Tela

A esta altura, eu precisava definir como iria fixar a tela de lcd na maleta. Como eu disse anteriormente, acabei desistindo de usar espuma para proteger a tela durante o transporte, porque eu realmente não queria nada "móvel" na maleta, algo que eu poderia retirar durante o uso e acabar esquecendo em algum lugar depois. Assim, o acrílico serviu bem para proteger a tela e também para fixar na maleta.

Usei um pedaço de acrílico que já estava sobrando aqui, só foi preciso retirar uma parte que estava maior, e serviu perfeitamente bem, inclusive para acomodar o teclado e passagem de cabos.

Step 7: Adicionais

Picture of Adicionais

Como eu já tinha idéia de conectar uma quantidade de periféricos ao Raspberry, logo imaginei que precisaria de um HUB USB. Porém, já sabendo que o Raspberry teria um limite de fornecimento de energia através de suas portas, pensei em adquirir um HUB com alimentação e adaptar esta alimentação também com a fonte que eu já iria utilizar no projeto, mas espere, porque comprar algo que eu posso aproveitar, não é mesmo?

Assim, bastou abrir um switch USB e trocar o cabo, separando a alimentação dos cabos de dados. Coisa simples que me fez economizar uma boa grana.

Step 8: Esquemas E Mais Esquemas

Picture of Esquemas E Mais Esquemas

Se até aqui eu não expliquei isso, já passou da hora.

Eu não tenho grande conhecimento em redes, em eletrônica ou mesmo em computação. Sou apenas um estudante que tem curiosidade de ver as coisas funcionando, as vezes, minha curiosidade de ver as coisas funcionando é ainda maior do que realmente entender como tudo funciona.

Para este projeto, fui adicionando muitas coisas que pensei que poderiam funcionar de uma maneira bem legal, e cheguei em um diagrama "leigo" de tudo o que eu gostaria de ter dentro da maleta, e algumas idéias do que poderia fazer funcionar lá dentro. Pensar em fazer algo com a maleta, me obrigaria a aprender mais a fundo e entender como certas coisas funcionam, para só então, realmente fazer tudo funcionar. Será que fui claro?

Queria poder usar a maleta como um local de prototipagem. Os tutoriais que eu visse aqui, gostaria de poder reproduzir, sem ter de fazer uma bagunça de cabos pela mesa do meu computador, para ligar o Raspberry ao meu monitor, por exemplo.

Além disso, porque não fazer uma maleta que carregue os componentes que eu provavelmente vá precisar, além é claro de usar o Raspberry para algo além do que escrever códigos e fazer o upload para o Arduino, que também estará embarcado na maleta? Porque não adaptar um HD com interface USB, e depositar nele alguns esquemas, imagens Linux dentre outras coisas, e configurar um servidor FTP?

Para isso, seria necessário um access point ou mesmo um roteador wireless? (Um switch de rede serviria, mas eu não gostaria de limitar a quantidade de pessoas conectadas e usar um destes implicaria em mais perda de espaço). Assim, pensando nisso, porque não fazer do Raspberry também um "modem" que recebe sinal de internet através de um modem 3G e libera internet através do roteador wireless (como um DHCP server ou um firewall? Já falei que não entendo de redes >:( ).

Pensei nessas e em muitas outras coisas, como também, receber o sinal de internet via cabo e liberar via wireless. Seria a coisa mais simples e realmente foi a mais tranquila de configurar.

Step 9: Pronto! Provisoriamente

Picture of Pronto! Provisoriamente

Com a chegada do Arduino Day 2014, precisei me aprontar rapidamente, fugindo um pouco dos planos para a organização interna da maleta, se eu quisesse apresentar a minha idéia no evento.

Assim, coloquei as coisas como foi possível lá dentro, me certificando de que tudo estava funcionando, e fui para o evento.

Foi tudo muito melhor do que o esperado! Lá tive um espaço cedido pelo hackerspace local, o XapHacks, grupo que me permitiu explicar um pouco da minha idéia e demonstrar um pouquinho da funcionalidade ainda precária da maleta para a comunidade interessada no local.

Foi muito gratificante ver pessoas que são muito conhecidas pelo seu trabalho na eletrônica, computação e áreas afins, virem até mim para saber mais sobre o projeto. Isso me mostrou que eu estava no caminho certo, fazendo algo realmente legal!

Foi gratificante receber tantos elogios e também diversas dicas e sugestões, das quais muitas eu realmente estou considerando implementar no projeto!

Step 10: Mais Um Pouco De Como Tudo Ficou...

Picture of Mais Um Pouco De Como Tudo Ficou...

Aqui mais algumas imagens de como a maleta ficou na ocasião. Depois destas imagens eu já fiz algumas alterações, mas vou deixar isto para uma atualização ou próxima postagem.

Nas imagens acima é possível ver com detalhe as chaves que adicionei para ligar e desligar a alimentação do Raspberry PI, switch USB e roteador wi-fi. Tudo de maneira independente.

Step 11: Parar Por Aqui? Ainda Não!

Picture of Parar Por Aqui? Ainda Não!

Como eu disse, a maleta ainda não está totalmente pronta!

Apesar de funcionar basicamente, ainda quero prepará-la para acomodar componentes diversos, que vou usar com a protoboard, fazer um upgrade do roteador para um routerboard e por último e não menos importante, adicionar uma antena de 5.8GHz, para poder trabalhar também com sinal de internet "via rádio".

Conforme meu conhecimento vai aumentando, eu pretendo ir adicionando mais itens a este projeto. Não é algo que eu vou terminar logo, e possivelmente, vou fazer revisões nesta maleta dentro de muito tempo. Talvez migrar tudo para uma maleta maior, ou quem sabe deixar tudo mais compacto.

Também tenho a intenção de adaptar a esta maleta ou mesmo preparar um novo projeto, neste mesmo sentido de portabilidade, uma gravadora a laser adaptada de leitores/gravadores de DVD velhos, objeto de muitas publicações aqui neste site. Se não for possível adaptar em espaço dentro da maleta, vou preparar um case menor, para poder carregar juntamente com esta maleta.

Isso, só o tempo dirá!

Obrigado por acompanharem até aqui e até qualquer dia!

Comments

MarconiBr (author)2015-08-05

Cara, só posso dizer o seguinte: SENSACIONAL! Mas o que também achei o máximo foi que a tua concepção das coisas é basicamente semelhante a minha ideia (ainda não executada). Parabéns e muito, mas muito obrigado por compartilhar. Vou acompanhar o projeto.

o2over (author)2014-09-17

Parabéns, tambem estou acompanhando, e acredito que vai sair coisas surprendentes ainda dessa ideia :)

odneyjr (author)2014-07-31

Parabens.. gostei muito projeto... estou iniciando no arduino e tbm tenho interesse no raspberry.. vou acompanhar o seu projeto...

About This Instructable

14,767views

58favorites

License:

More by FelipeOld:Raspberry PI 007 "James bOld" Hackbox
Add instructable to: